Referências: 

 

Referência: Allan Kardec. Suplemento ao capítulo das preces da imitação do evangelho. Revista Espírita, ano VII, vol. 8, agosto de 1864.

 

 

Discussão: 

 

00:14:38.949,00:14:41.949

Fred Ayres: "assim na terra como no céu". Muito interessante a explicação do Cesar, nos conectando a Deus, independente da nossa situação.

00:15:09.665,00:15:12.665

Fernanda Alcantara Espaço azul: Sim, pois fora da terra  também temos nossa evolução e teremos que crer que todo direcionamento será para nossa evolução e bem.

00:16:06.880,00:16:09.880

Fernanda Alcantara Espaço azul: E a nossa vontade é incerta perto do direcionamento divino.

00:19:03.224,00:19:06.224

Raul de Mello Franco Júnior: A súplica para que a vontade de Deus se faça não aniquila o livre arbítrio. Posso seguir fazendo a minha vontade, mas apenas a vontade de Deus será feita da melhor forma para mim, daí porque peço.

00:21:59.370,00:22:02.370

Fred Ayres: Sim, Miguel. A conexão com o Pai Nosso é profunda quando fazemos com o coração. Sinto o mesmo que você

00:23:10.167,00:23:13.167

Fernanda Alcantara Espaço azul: Muito bom Miguel. Agir em reflexão no que fazemos.

00:27:24.826,00:27:27.826

Fred Ayres: "vontade" é própria dos seres humanos. Deus não tem vontade. "seja feita a Vossa vontade" é seguir as leis de Deus. Foi o que eu entendi de todos os comentários e faz sentido pra mim, agora.

00:29:09.394,00:29:12.394

Raul de Mello Franco Júnior: Vontade = desígnio. Não é um capricho, mas um vetor de felicidade, ainda que muitas vezes tenhamos dificuldade em compreender e aceitar isso. 

00:29:40.505,00:29:43.505

Miguel Wardini: Qual a vontade de um pai, ver os filhos felizes, crescendo, trabalhando, unidos  e principalmente se amando.  Essa é a vontade do Pai e de todos nós.

00:30:42.395,00:30:45.395

ROBERTO ANTONIO Aniche: Oração não precisa ter palavras, mas sentimentos de fé e confiança.

00:33:14.868,00:33:17.868

Fred Ayres: Um jornalista conversou com Madre Tereza de Calcutá. Ele perguntou: Madre, quando a senhora ora, o que fala com Deus? Ela respondeu: Eu não falo, só escuto. E então ele disse: E o que Deus fala com a senhora? Sem demora ela respondeu: Ele não fala, só escuta!

00:46:11.120,00:46:14.120

Sergio Bezerra: vai ai a primeira obra citada por J. Herculano Pires na obra O Misterio do Bem e do Mal. Livro: Jesus de Ch. Guignebert

00:46:24.389,00:46:27.389

Raul de Mello Franco Júnior: Os apóstolos pediram que Jesus os ensinasse a rezar porque viam que o Mestre se afastava para fazê-lo (Lc 11, 1). Queriam aprender a estabelecer essa conexão com Deus.

00:49:06.253,00:49:09.253

Sergio Bezerra: The Jewish Word in the time of Jesus - Charles Guignebert 

00:49:35.516,00:49:38.516

Fred Ayres: 674. A necessidade do trabalho é lei da Natureza?

“O trabalho é lei da Natureza, por isso mesmo que constitui uma necessidade, e a civilização obriga o homem a trabalhar mais, porque lhe aumenta as necessidades e os gozos.”

  1. Por trabalho só se devem entender as ocupações materiais?

“Não; o Espírito trabalha, assim como o corpo. Toda ocupação útil é trabalho.”

00:50:03.324,00:50:06.324

Raul de Mello Franco Júnior: O verbo "dar" nessa frase não significa um aporte sem mérito. Dai-nos segundo o que merecemos. 

00:52:21.704,00:52:24.704

Clelia de Godoy: A Oração da Serenidade é comumente atribuída ao teólogo protestante Reinhold Niebuhr que a apresentou nos anos 1940 e, segundo consta, o A.A., em suas reuniões, teria começado a usá-la no ano de 1942.

00:57:26.498,00:57:29.498

Sergio Bezerra: Outra obra muito boa para entender o Jesus Historico. A Dinastia de Jesus James Tabor 

00:59:41.800,00:59:44.800

Marcel Martins: Deus abençoe a todos, preciso sair, foi ótima a reunião e as reflexões, muito obrigado

01:00:09.586,01:00:12.586

Sergio Bezerra: Otima semana Marcel.

01:00:33.663,01:00:36.663

Fred Ayres: É a compreensão dentro dos nossos limites e Deus "fala" na língua que entendemos.

01:01:22.583,01:01:25.583

Raul de Mello Franco Júnior: As pessoas às vezes acreditam que essa frase diz respeito apenas ao provimento material. Mas na sequência (em Mt. 6), Jesus deixa claro que a preocupação material é secundária: 

01:01:29.563,01:01:32.563

Raul de Mello Franco Júnior: Por isso vos digo: Não andeis cuidadosos quanto à vossa vida, pelo que haveis de comer ou pelo que haveis de beber; nem quanto ao vosso corpo, pelo que haveis de vestir. Não é a vida mais do que o mantimento, e o corpo mais do que o vestuário?

01:05:47.911,01:05:50.911

Clelia de Godoy: Acredito que essa seja a ideia da oração: quando oramos por todos, quando nos doamos a outros, mesmo que em pensamento

01:06:21.681,01:06:24.681

Sergio Bezerra: Through the Eye of a Needle: Wealth, the Fall of Rome, and the Making of Christianity in the West, 350-550 Ad - Peter Brown (ultima das quatro obras)

01:06:26.956,01:06:29.956

Raul de Mello Franco Júnior: Sim. Pai "nosso"; venha "a nós"; pão "nosso" etc.

01:07:59.616,01:08:02.616

Raul de Mello Franco Júnior: A oração toda não foi formulada na primeira pessoa do singular, mas do plural

01:09:46.120,01:09:49.120

Fred Ayres: A oração é uma ligação particular. Há momentos em que oro por mim. Há momentos em que oro pelo coletivo. Creio que depende do momento e da necessidade individual. Ao orar pelo coletivo, penso que acessamos a virtude da compaixão, da empatia. 

01:12:04.883,01:12:07.883

Fred Ayres: Kardec traz o termo "individualidade coletiva" em Obras Póstumas. É bem interessante observar o sentido que Kardec dá a esse termo.

01:12:33.024,01:12:36.024

Raul de Mello Franco Júnior: A prece pessoal é também referida por Jesus:

01:12:39.743,01:12:42.743

Raul de Mello Franco Júnior: Mas tu, quando orares, entra no teu aposento e, fechando a tua porta, ora a teu Pai que está em secreto; e teu Pai, que vê em secreto, te recompensará publicamente.

Mateus 6:6

01:13:49.104,01:13:52.104

Raul de Mello Franco Júnior: Orar sozinho, porém, não significa orar apenas para si próprio. 

01:14:03.811,01:14:06.811

Clelia de Godoy: Perfeito, Raul

01:19:07.107,01:19:10.107

Raul de Mello Franco Júnior: Eu também respeito os médicos e a medicina, mas, enquanto posso, fujo deles e dos remédios.

01:19:50.984,01:19:53.984

Fred Ayres: vixi. Um médico me disse que eu dou prejuízo pra unimed kkkkk

01:20:00.730,01:20:03.730

Fred Ayres: falou brincando, claro

01:20:10.881,01:20:13.881

Raul de Mello Franco Júnior: As orações salvam mais gente na UTI do que os médicos rsss

01:21:20.466,01:21:23.466

Augusto Figueirôa: Asssociação Médico Espírita - AME

01:22:12.182,01:22:15.182

Maria Salata: ❤️❤️❤️❤️❤️

01:22:16.032,01:22:19.032

Raul de Mello Franco Júnior: Excelente! Leiam as obras do Paulo Cesar Fructuoso, que é médico.