humilhacaoComo é difícil entender as pessoas!

Tudo parece muito simples no olhar de cada um. A visão se amplia facilmente diante dos benefícios que podem obter com a vaidade e orgulho pessoal.

De nada adianta a malícia do erro. De nada resolve os sofrimentos enfrentados por tantos. Mais parece um cego perante imensa rudez do coração carregado de vaidades e de poder perante a humildade e bondade.

Sentem-se vitoriosos e comemoram a sutileza do momento derramando alegrias aos que seguem no mesmo caminho.

Vítimas dos momentos capciosos gerados pela própria comunidade espiritual que as envolvem, quais cordeiros diante de lobos sofrem a incompreensão e desarranjos consideráveis.

Sequelas de longos tempos permanecem enraizados nas almas que trazem amarguras do passado e que insistem no caminho da imperfeição.

Tantos são os descasos na humanidade que as consequências são ainda duradoras, com tristes pesadelos do mundo em sombras.

Quando o desabrochar da nova era prometida chegar, serão eles destinados a locais de árduos trabalhos, mas a certeza de melhores tempo ainda não há, pois a cada um cabe seu destino.

A humilhação como fruto da desnecessária ação do ridículo é estremecedor nos corações amargurados pela justiça e condições de melhores dias.

Voltemos ao passado, mais longínquo no tempo possível e reviveremos os desafios tristes e amargos que foram esquecidos pela bondade Divina.

Mas muitos, trazem esse passado ainda imbuídos nos mesmos erros e devaneios. As consequências são a impureza das ações e a maldade no coração.

Querem rever o caminho do poder sobre os outros. Querem continuar no âmago das paixões mundanas de superioridade e qualquer motivo é um novo passo para engrandecimento do ego maior.

Porém, não sabemos o nosso futuro e a dor da humilhação é transformação em alegria e glórias do Espírito, desde que seja recebida como bênçãos dos céus e fortificação da humildade.

Mas quão é difícil a suportar! Mas quão é amargo o seu sabor!

O caminho sempre foi o mais difícil de se seguir, entretanto, grande atalho ele propicia, encurtando o longo espaço entre a Terra e o infinito Céu da evolução.

Superando as dores. Edificando a razão. Cristalizando os desejos inferiores. Refazendo os percalços tristes, proveremos os meios para a vida mais saudável e alegre, independentemente do tempo agora ou do amanhã.

A jornada está apenas começando para muitos, mas está infinitamente longa para outros. Não importa em que ponto estamos. Mas sim que devemos continuar vivendo da melhor maneira possível.

Paz e amor

Fénelon

Mensagem psicografada por Raul Franzolin Neto em 2012