Essa afirmação foi feita pelo amigo Humberto Vasconcelos, de Recife (PE), em entrevista que fizemos. Ele é o primeiro genro e biógrafo do médium Peixotinho, o mais famoso médium de materializações de espíritos que esteve conosco, cuja biografia é fonte inesgotável de ensinos. Entrevistei também uma das filhas, a Alcione Peixoto. Ambas as entrevistas, muito ricas em conteúdo, estão disponíveis em meu canal de youtube. Voltemos à frase, contudo.

Quando ele fez a afirmação, concordei imediatamente! Ele foi muito claro, didático e direto.

Sim, claro... A atualidade e clareza de Kardec surpreende a cada página de suas obras. A lucidez sempre presente, a coerência, o raciocínio lógico bem conduzido, o discernimento, o bom senso. Características de uma alma nobre, de um gênio da humanidade.

Estudar a obra de Kardec, conhecer seus conteúdos, interiorizá-lo e divulgar a clareza de suas reflexões, sobre a vida, nossa origem e destinação – onde se incluem o relacionamento intenso entre os dois planos da vida – e, claro, entender o processo evolutivo que nos conduz, significa, em síntese, amadurecer, compreender. Para amar ainda mais.

Quanto mais amadurecemos pelas experiências e mesmo pela idade, mais nos surpreendemos com a lógica e grandeza da obra de Kardec, compreendendo ainda mais a obra de Deus, a tarefa de Jesus junto à humanidade.

Humberto, sua afirmação foi mesmo uma síntese admirável. Numa frase, resumiu muito conteúdo. Parabéns!


Sobre o autor:

Orson Peter Carrara: Nasceu em Mineiros do Tietê-SP. Orson é escritor, jornalista, editor e orador espírita, publicando artigos nos principais órgãos da imprensa espírita brasileira e internacional. Autor de vários livros e palestrante em todo o país. Seus textos caracterizam-se pela objetividade e linguagem acessível a qualquer leitor, estando disponibilizados em vários sites de divulgação espírita. Reside atualmente em Matão-SP.

Powered by OrdaSoft!