Artigos

Os artigos publicados na página do GEAE são de inteira responsabilidade de seus autores. 

O GEAE disponibiliza artigos inéditos, publicados nos Boletins do GEAE ou publicados na literaturatura espírita de interesse do grupo visando o nosso objetivo maior que é o estudo da vida sob a visão espírita.

Uso do material disponível no GEA: acesse: Copywrigts do GEAE

Envie um artigo para publicação no GEAE através do e-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Boa Leitura e Boa Reflexão!

Foram eles que provocaram os fenômenos, que buscaram os médiuns, que responderam às instigantes questões propostas pelo Codificador. Também, em diferentes casos, submeteram-se às pesquisas de nobres cientistas que investigaram os ditos e variados fenômenos, que inspiraram textos e ditaram páginas e livros que orientam, elucidam, ensinam.

Eu conheço várias dessas angústias. Minhas andanças pelo país e minha história de vida, também como dirigente no passado, me trouxeram uma visão global do movimento espírita e sua diversidade no entendimento doutrinário e suas práticas – que devemos compreender –, gerando comportamentos e atitudes tão diversas neles próprios, que igualmente se deparam com voluntários,  tarefeiros e frequentadores, diretores, também com a diversidade que nos é própria como seres humanos.

Embora resida em Matão há 20 anos e já conhecia o local – inaugurado em 2013 – em visitas rápidas e ocasionais, não havia parado ainda para uma visita formal, acompanhando cada detalhe de uma memoria viva da cidade e da história do Espiritismo no planeta.

tela davince2O amor é de essência divina e todos vós, do primeiro ao último, tendes, no fundo do coração, a centelha desse fogo sagrado. É fato, que já haveis podido comprovar muitas vezes, este: o homem, por mais abjeto, vil e criminoso que seja, vota a um ente ou a um objeto qualquer viva e ardente afeição à prova de tudo quanto tendesse a diminuí-la e que alcança, não raro, sublimes proporções.

Cerebro vivoNos últimos anos, a neurociência sofreu uma explosão no campo da pesquisa. A cada dia, surgem novas técnicas, como mapeamentos cerebrais, que podem fotografar instantaneamente o fluxo sanguíneo do órgão. "Todas as inovações ajudaram a revelar a organização do cérebro em detalhes." (1) Nosso cérebro representa, apenas, 2% do peso total do corpo, mas possui, segundo pesquisas atuais, aproximadamente, 100 bilhões de neurônios [células nervosas cerebrais], sendo que, em algumas de suas partes, para realizar suas funções, aglomera até 5 milhões de neurônios de uma só vez e é capaz de produzir cerca de 1.000 trilhões de conexões.

SUMÁRIO: 1. Introdução. 2. Histórico. 3. Lei e Lei Natural: 3.1. Definição de Lei; 3.2. Considerações sobre a Lei: 3.2.1. Lei Física; 3.2.2. Lei Moral; 3.2.3. Lei Natural; 3.3. Conhecimento da Lei Natural; 3.4. Divisão da Lei Natural. 4. Consciência: 4.1. Definição de Consciência; 4.2. Graus da Consciência; 4.3. Consciência e Inconsciência; 4.4. A Casa Mental. 5. Bíblia, Jesus e Espiritismo: 5.1. Bíblia; 5.2. Jesus Cristo; 5.3. Espiritismo. 6. Conclusão. 7. Bibliografia Consultada.

No filme Paulo, Apóstolo de Cristo, que estreou em 2018, com bem selecionado elenco, chama atenção pelo aspecto dramático-histórico do incomparável personagem e que está disponível na internet, traz um diálogo que vale a produção, entre outros momentos marcantes. 

Revue spiriteRevue Spirite!... Essa grande desconhecida da maioria dos espíritas!... Tão importante é a Revista Espírita para o enriquecimento doutrinário complementar que não se pode compreender o descaso a que é relegada. Escrita pelo próprio Kardec, a “Revue Spirite”, Jornal de Estudos Psicológicos, é um laboratório vivo da Codificação. Escrita de 1858 a 1869, ela hoje é encontrada em primorosa encadernação do IDE, já em sua segunda edição, em 12 volumes; um para cada ano de existência da Revista.

biblia pixabay 1A Bíblia é um dos livros mais conhecidos de todos os povos. É sem dúvida um dos maiores sucessos editoriais de todos os tempos, pois trata­se de um dos livros mais vendidos em toda historia da humanidade e um dos mais traduzidos para vários idiomas.

Indicação de um leitor da RIE que, estudando o livro Visão Espírita de um Bandeirante (no 2º. Volume), sugeriu abordagem em torno de uma frase de Cairbar Schutel. Como se sabe, a obra em questão – em dois volumes – reúnem os editorais do próprio fundador da citada revista durante os anos que esteve à frente da publicação.  Lançada no ano do centenário do jornal O Clarim, em 2005, os preciosos textos oferecem substancial material de pesquisa e reflexão.

A carteira de vacinações, o manual de manutenção de veículos, o prontuário médico ou odontológico, ou os diferentes cadastros em escolas, universidades ou outras iniciativas e instituições de saúde, esportivas, políticas, culturais, religiosas, etc, normalmente mantém anotações dos históricos de atividades, de atendimentos, personalizados ou não, criando históricos de uma pessoa, de uma família, de uma cidade, de uma instituição, da carreira de um artista, de um escritor, etc. e mesmo de uma nação inteira.

Apenas para lembrar ou informar aos que não sabem, nem toda aflição, dificuldade ou sofrimento provém de vidas passadas. Muitas situações atuais poderiam não ocorrer, não fosse nossa rebeldia, teimosia, e são resultantes de ações da presente existência.

pineal ckeResumo: A significância foi anexada à glândula pineal em inúmeras culturas e crenças diferentes.Resumo A significância foi anexada à glândula pineal em inúmeras culturas e crenças diferentes.Uma religião que tem avançado no papel da glândula pineal é o Espiritismo. O objetivo dopresente estudo foi o de compilar informações sobre o desenho glândula pineal nos livrosde Francisco Cândido Xavier escritos por psicografia e realizar uma análise crítica de suasbases científicas, comparando contra as evidências na literatura científica atual. A buscasistemática usando os termos "glândula

O mundo é um autêntico “viveiro de almas”, onde estamos as almas no processo de aperfeiçoamento intelecto-moral de nós mesmos, rumo à perfeição – ainda que relativa –, para alcance da felicidade plena, que não será ociosa, mas de serviço em favor daqueles que ainda caminham, como hoje ocorre com nossa realidade. Somos nós os caminhantes, aprendendo com as abençoadas experiências e amplamente amparados por aqueles que já fizeram a caminhada do aperfeiçoamento e já desfrutam de plena liberdade, mas integrados com o Criador.

fimdomundoDesde os meus tempos de criança, ouço falar que o mundo vai se acabar. Muita gente acredita nisso, e alguns marcam até a data em que esse fato acontecerá.

A expressão que usamos como título é de Emmanuel. Está no livro Roteiro, no capítulo 10. Referido livro tem Prefácio datado de 10 de junho de 1952.

A palavra sistema é bastante utilizada atualmente, representando um conjunto de programas que excutam tarefas definidas em sua programação de trabalho, especialmente considerando a realidade virtual, hoje totalmente expandida nos diversos segmentos sociais.

Estouram periodicamente no movimento espírita, numa alternância facilmente observável de um planejamento perverso muitas vezes nem percebido, ações e posturas – que em muitos casos viram modismos – que são plenamente dispensáveis, pois que inúteis.

A necessidade se impôs primeiro, talvez o gosto veio em seguida e o dever acabou se desenvolvendo por si mesmo, face a imperativos inadiáveis que se apresentam.

Nada como o tempo para colocar à mostra nossa fragilidade humana, a visão limitada das ocorrências e a imaturidade que nos caracteriza o comportamento, iludindo-nos em pretensões, que depois mais tarde com a experiência dos anos, percebemos o quanto necessitamos de amadurecimento no trato com as variadas questões da vida humana.

mediunTalvez o leitor não tenha percebido, mas Kardec classifica com sabedoria, em quatro grupos, aqueles que podem ser considerados de “bons médiuns”. Está em O Livro dos Médiuns, item 197, no capítulo XVI – Médiuns especiais. O capítulo traz o significativo subtítulo Aptidões especiais dos médiuns – Quadro sinótico das diferentes variedades de médiuns. Referido capítulo é precedido por dois outros também específicos: Dos Médiuns (com ampla classificação geral das várias modalidades) e Médiuns Escreventes ou Psicógrafos (esse específico para os conhecidos psicógrafos). Nesses citados capítulos já se pode ter dimensão da variedade de médiuns, pedindo estudo para conhecimento.

Leonardo selfNo ano passado, especificamente, no dia 2 de maio de 2019, comemoraram-se os 500 anos da morte de um dos maiores gênios da humanidade. Leonardo nasceu em Vinci, na província de Florença, Itália. Com apenas 68 anos de vida na Terra, foi inventor, pintor, cientista, engenheiro, escultor, arquiteto, botânico, músico, poeta, estilista, anatomista, matemático e, sobretudo, gênio.

Durante algumas semanas publiquei algumas reflexões dos prejuízos causados pela falta de conhecimento do Espiritismo, levando pessoas a práticas e comportamentos completamente divorciados da genuína prática espírita. Tais abordagens foram motivadas pelos disparates observados, pelas ocorrências absurdas praticadas em nome de uma doutrina racional e especialmente tentando abrir os olhos daqueles que não conhecem os princípios do Espiritismo e se deixam levar por supostos médiuns e ditos líderes ou palestrantes que, abusando do livre-arbítrio, ameaçam, chantageiam, exigem, impõem ideias absurdas na compreensão dos legítimos ensinos da Doutrina Espírita. Não teve sentido de crítica, até porque todos estamos sujeitos a esses equívocos, inclusive quem aqui escreve, mas de ponderações que promovam coerência.

Se há um equívoco humano onde costumamos nos perder intensamente, com graves prejuízos para os ideais que julgamos lutar em favor, é nos colocarmos como donos da verdade.

parreira uvaQuem estuda e conhece os fundamentos da Doutrina Espírita sabe seu significado e importância em favor da Humanidade. Isso gera uma consciência enorme de responsabilidade, convidando-nos a posturas de retidão, humildade e principalmente comprometimento com a causa espírita. Não é preciso alongar-se nesse parágrafo, de vez que as orientações são claras, estão definidas e precisamos vive-las. Eis o desafio constante do cotidiano.

Se você se sente perturbado, angustiado, necessitado de orientação e busca respostas ou ajuda, fique atento. Nem sempre essa ajuda será oferecida por pessoas honestas ou comprometidas com o bem-estar do semelhante. Por ignorância (não no sentido pejorativo, mas sim no sentido de não saber mesmo), despreparo ou más intenções mesmo (como infelizmente tem ocorrido até com certa frequência), muita orientação oferecida se transforma em desdobramentos lamentáveis, com prejuízos emocionais e psicológicos de expressão na vida de muita gente.

herculano esposaEra novembro, 27, de 2013...

Após o café da manhã, conforme combinado, me dirigi do bairro de Moema para o de Vila Clementino, coração da capital paulista. Encravada na subida da Rua Dr. Bacelar, ao número 505, um elegante sobrado que, por algumas décadas, serviu como moradia do casal José Herculano e Maria Virgínia Pires.

 

 

 

herculano kardecCelebrar Kardec é sempre muito oportuno, especialmente por ocasião da data do natalício de Rivail (3 de outubro), sua identidade encarnatória mais recente. E entender Kardec, lendo a sua produção literária espirita por meio da lente do Professor Herculano (outro homenageado neste momento, em razão do seu centenário, comemorado em 25 de setembro de 2014) é extremamente útil para quem deseja entender melhor o seu papel de organizador e gerente do Espiritismo nascente.

cristoPessoas humanas somos falíveis, sujeitos a equívocos e distrações, seduzidos muitas vezes pela vaidade ou pelas variadas paixões, manipulados por vontades alheias ou conduzidos por impressões e imperfeições que tanto nos caracterizam, que nos dão visão limitada e bem pequena da realidade que nos cerca, bem como dos objetivos maiores nas ocorrências e acontecimentos.

Aura chakras v8 A aura e os chakras no espiritismo - Versão 8 - 2019

 

“O que é evidente, para nós, pode não ser para vós outros; cada qual julga as coisas debaixo de certo ponto de vista, e do fato mais positivo nem todos tiram as mesmas consequências.” (KARDEC, O que é o Espiritismo, cap. I)

 


Sobre o autor:

Paulo Neto: Nascido em Guanhães, MG. Bacharel em Ciências Contábeis e em Administração de Empresas pela Universidade Católica-MG (PUC-BH). Aposentou-se como Fiscal de Tributos pela Secretaria da Fazenda-MG. Adepto do Espiritismo desde Julho/1987. É escritor, articulista e orador espírita com vários artigos publicados em periódicos e imprensa na internet. Autor de livros espíritas com foco em vasta pesquisa da literatura espírita e convencional.

 

 

Sim, realmente eles não sabem. E muita gente, inclusive médiuns e dirigentes despreparados sem conhecimento, também se enquadram nessa situação de não saber. O fato de um espírito estar desencarnado não significa, em absoluto, que ele tem conhecimento de tudo. Muitos espíritos ignoram inclusive que já partiram desta vida material. Portanto, as comunicações vindas do plano espiritual via médiuns devem passar pelo crivo da razão e do bom senso antes de serem aceitas como verdade ou para serem divulgadas.

Hábito muito condenável em qualquer leitor é desprezar a introdução ou prefácio de um livro, indo direto aos capítulos. A apresentação de uma obra é indispensável para o bom entendimento do conteúdo da própria obra, face aos esclarecimentos prévios que abrem caminho para o contexto ideal a benefício do leitor. O mesmo ocorre com o índice, onde atenta observação igualmente muito favorece o conhecimento de qualquer publicação.

PEE Herminio Miranda 2005Ele nasceu no dia 5 de janeiro de 1920, em Volta Redonda-RJ. Alcançamos o centenário de nascimento de um escritor e pesquisador espírita, de raro talento. O conteúdo doutrinário de suas pesquisas, transformadas em variados livros, se expressam na qualidade de seus textos, em narrativas repletas de pleno raciocínio com os princípios doutrinários do Espiritismo, recheadas da emoção de suas vivências e experiências acumuladas ao logo dos decênios.

Virtude excelente a esperança! Ela traz ao coração ares de renovação, é capaz de vencer a tristeza e vem acompanhada da alegria, que encontrou na gratidão mãos amigas para levantar a coragem e seguir adiante.

Há um movimento constate em favor da vida. Isso não é efeito de agora ou de iniciativas que também se juntam a esse dinâmico movimento. É, na verdade, lei da vida. A Lei que governa tudo e todos é de Amor, de Progresso, em seu amplo sentido, conclamando à justiça, à fraternidade.

Favorecido pela abertura do amigo, entrevistei em determinada cidade, um frequentador comum de nossas instituições espíritas. Jovem na idade e na atividade espírita, fez considerações importantes sobre sua visão do movimento. Parece-nos uma advertência sincera e oportuna a todos nós, dirigentes, palestrantes, coordenadores de estudos, recepcionistas, atendentes. Não que tenhamos que concordar com tudo, até por força de circunstâncias variadas e detalhes peculiares a cada local ou instituição, mas a leitura de suas respostas levará a grave reflexão. O entrevistado preferiu não se identificar. Respeitei sua decisão e apresento suas respostas aos questionamentos que fizemos, e que foram resultantes de nossos diálogos preliminares.

A virtude da solidariedade fica em clara evidência por ocasião do Natal. Muito natural, em face ao próprio clima natalino que domina a sociedade e motiva ações em favor do próximo. Embora ela esteja sempre presente nas ações humanas, muitas vezes de forma oculta ou anônima, é no Natal que mais há movimentações nesse sentido.

A cidade é Ibitinga, no interior paulista, conhecida como a capital nacional do bordado. Uma de suas instituições, fundada em 1929, alcançou 90 anos no último dia 25 de novembro, com grande movimentação dos protagonistas atuais de uma linda história, inclusive recebendo visitantes de outras cidades para a noite memorável de gratidão e alegria.

Discussão no Grupo Espírita Amelie Boudet - Facebook - Coordenador Eric Tavares Pacheco em 22/09/2019

A questão da manifestação de espíritas na política é outra polêmica, cujo paradigma de que todo espírita não se deve envolver na política, deve ser quebrado.

Discussão no Grupo Espírita Amelie Boudet - Facebook - Coordenador Eric Tavares Pacheco em 22/09/2019

Raul Franzolin Neto No meio científico plágio e autoplágio é considerado algo muito sério. Assim, desenvolveram-se programas (como Turnitin) capaz de analisar o texto em milhões e milhões de dados indicando a porcentagem de semelhança. Num trabalho escolar nos EUA, por exemplo, mais do que 5% de plágio o aluno pode ser expulso da universidade.

A primeira atitude daquele homem foi descer do animal, um cavalo ou um camelo. Em sua caminhada encontrou aquele homem ferido, que havia sido desprezado por dois outros que ali passaram, conforme narra a conhecida Parábola do Bom Samaritano. Todo mundo conhece a parábola, nem é preciso narrar novamente. Seus personagens e desdobramentos são muito conhecidos e as lições morais daí decorrentes igualmente tocam o coração humano com lições incomparáveis.

A inspirada frase, lema em nossa bandeira nacional, traz embutida – note atentamente o leitor – a síntese das leis, humanas e divinas.

Com esse mesmo título, a conhecida revista FidelidadEspírita, edição 77, de fevereiro/09, publicou importante editorial que nos permitimos reproduzir, na íntegra e com autorização da publicação, face à oportunidade de abordagem, aos amigos do Movimento Espírita:

Editorial
Revista FidelidadEspírita, nº 77, fevereiro de 2009

A expressão é forte, causa até um certo mal-estar e não soa bem. Mas ela reflete a realidade que ainda nos permitimos agasalhar interiormente, como pessoa humana.

Nada criamos. Tudo descobrimos ou transformamos. Aprendemos a descobrir as leis da natureza, extraímos a madeira das árvores, descobrimos os alimentos nas plantas e nos animais. Gradativamente fomos desenvolvendo a inteligência, produzindo ferramentas, equipamentos, utensílios e materiais que nos atendessem as exigências ou necessidades de conforto, proteção, locomoção, etc., Com isso, transformando os elementos naturais disponíveis ou gradativamente descobertos – principalmente pela observação, pela pesquisa ou pela mera exploração – chegamos ao atual estágio de uso de tudo que produzimos, transformando os elementos naturais que fomos descobrindo, entendendo seu mecanismo ou disciplinando seu uso.

Solicito ao leitor refletir comigo na seguinte frase: “...é um conjunto harmonioso e belo; é uma filosofia que estende as suas investigações sobre todos os conhecimentos humanos; é uma ciência sólida, irresistível, porque se baseia em fatos que denunciam o seu caráter científico; é além de tudo uma luz poderosa que nos ilumina a inteligência, aclara o raciocínio de tal modo que, muitas vezes, nos maravilhamos de sua lógica irrepreensível, de sua harmonia de vistas com o Bem e o Belo, os grandes fatores da verdadeira felicidade.”

O texto não é meu. Está disponível no site www.momento.com.br e foi postado nesta data: 09 de outubro de 2019. Mas é de grande beleza e todos temos necessidade que esteja em nossa sensibilidade nesses tempos de tantas dificuldades. Vejam que inspiração textual. Transcrevo na íntegra:

Casa EspiritaMuito se tem falado sobre o que os grupos espíritas devem fazer, deveriam fazer. Muito temos especulado sobre os acertos e erros das casas espíritas que, em seu conjunto, são parte importante e indispensável ao movimento e ideal espírita. Não somos aqueles que se preocupam com exemplos alheios, mas gostaríamos de podermos ser um bom exemplo.

o orfanatoNovamente trago ao leitor a indicação de um bom filme. É o filme O orfanato. Misturando drama e suspense, mas com uma mensagem embutida muito emocionante. A sinopse do filme indica: Laura (Belén Rueda) passou os anos mais felizes de sua vida em um orfanato, onde recebeu os cuidados de uma equipe e de outros companheiros órfãos, a quem considerava como se fossem seus irmãos e irmãs verdadeiros. Agora, 30 anos depois, ela retornou ao local com seu marido Carlos (Fernando Cayo) e seu filho Simón (Roger Príncep), de 7 anos. Ela deseja restaurar e reabrir o orfanato, que está abandonado há vários anos. O local logo desperta a imaginação de Simón, que passa a criar contos fantásticos. Entretanto à medida que os contos ficam mais estranhos Laura começa a desconfiar que há algo à espreita na casa.

Caibar SchutelToda cidade tem seu vulto histórico de destaque ou vários, a depender de sua história e origens no tempo. É comum que todos recordemos fatos da infância ou ainda que não tenhamos tido contato direto, até por questão cronológica, mas tenhamos conhecimento das ações e legado deixado por esses homens e mulheres que marcaram época, projetando suas ações no futuro.

Devemos tudo à Vida abundante que desfrutamos. Deus, o Criador, dotou-nos de vida e possibilitou-nos intenso e contínuo aprendizado. Para que pudéssemos evoluir, aprender, e, portanto, adquirir méritos do esforço colocado a serviço da conquista da felicidade, cercou-nos de inúmeros recursos. Entre eles estão as maravilhas produzidas pela natureza. Desde o espetáculo do nascer do sol – que soa como amável e silencioso convite ao trabalho -, às frutas ou perfume das flores, à condição de seres sociais que se relacionam para o mútuo crescimento e mesmo a uma infinidade de tesouros que nem percebemos. Sempre estão a nossa volta e o espaço desta página seria insuficiente para relacionar.

O notável Olavo Bilac (1865 – 1918) – jornalista, escritor e poeta brasileiro, membro fundador da Academia Brasileira de Letras e muito conhecido por sua atenção à literatura infantil e especialmente por sua participação cívica – é o autor da belíssima letra do Hino à Bandeira. A música é de Francisco Braga (1868 – 1945), que foi compositor, regente e professor.

Há vários provérbios (frase ou ditado curto de origem popular, que resume um conceito moral, uma norma social) que indicam que a vontade é potencial mecanismo para aquisição de nossos desejos. É pela vontade que movimentamos forças, superamos obstáculos, vencemos desafios. Sem ela nada podemos. Ela é força da alma, capaz de nos tirar do desânimo, de empreender projetos e movimentar ações que resultem no alcance da meta ou objetivo traçado.

A vaga tristeza que se apodera do coração, quase que de maneira imperceptível, levando a pessoa a considerar amarga a existência, chama-se melancolia. Se não combatida no íntimo pode desencadear estados de angústia profunda e depressão.

O jovem carpinteiro fundou um Reino. O maior e mais poderoso dos reinos, embora fosse pobre de valores materiais, pois aí está a diferença dos demais reinos. Todos sugerem acúmulo de bens. Este, porém, é um reino de valores interiores, protegidos contra todos os possíveis danos que possam destruí-lo. Quem o constrói dentro de si constrói para sempre.

Todos temos grande necessidade da prática para absorver conhecimentos e transformar a teoria em vivência real daquilo que vamos aprendendo. Aliás, não é desconhecido que a experiência continuada nos faz habilidosos na atividade a que nos dedicamos. Justamente pela dedicação, pelo empenho, esforço e conhecimento aplicado é que nos tornamos experientes e capazes de superar desafios que a atividade pode apresentar. 

À primeira vista parece impossível, inviável. Uma parada para pensar, todavia, situa-o em possibilidade real, ainda que relativa. O apelo é forte, marcante, renovador. Ecoa no tempo, ecoa em nossas consciências.

A série (1ª. temporada com 60 capítulos) está no Netflix. Espetacular produção biográfica de televisão mexicana produzida pela Sony Pictures Television e Dopamine. É um drama bíblico baseado na vida de Maria Madalena, e é estrelado por María Fernanda Yepes como personagem titular. A série foi escrita por Lina Uribe, Darío Vanegas e Jaqueline Vargas e teve a produção executiva de Daniel Ucros e Juan Pablo Posada.

Escreveu a amiga de Campina Grande (PB), professora Denise Lino, uma notável apreciação sobre a produção mediúnica do Espírito Emmanuel pela mediunidade de Chico Xavier, especialmente aquelas de estudo e análise dos textos dos Evangelhos, que ela intitulou Tesouro em Português. A matéria foi publicada no jornal Tribuna do Espiritismo, edição de junho/16, e também está disponível virtualmente no site do jornal: www.tribunadoespiritismo.org 

               Sim, é um comando expressivo, imperativo, necessário para todos. Tenho usado a expressão no final de minhas palestras, quando a temática permite. Na verdade, falo antes para mim mesmo e partilho com os ouvintes.

Tem sido desafio em todos os tempos mantermo-nos coerentes com as noções de justiça e bondade que gradativamente vamos adquirindo pelas experiências de vida, sejam nos relacionamentos ou até mesmo com as reflexões interiores sempre presentes. Afinal sempre é tempo de nos perguntarmos se somos coerentes com o que já sabemos ou afirmamos saber, quando confrontamos tais conteúdos com as posturas e comportamentos que adotamos. Ou, em outras palavras, se estamos com as ilusões da aparência.

As três palavras são muito parecidas, sonoridade semelhante, mas suas definições são bem distintas. E podem abrir universos de exemplos e abordagens. Aqui a abordagem é motivada pela curiosidade cultural das três palavras.

foto cabeteNo último dia 03 de abril de 2019 completou-se seu centenário de nascimento. E ninguém falou nada, pelo menos eu não vi.... Sim, o compositor João Cabete, de expressivo e inspirado acervo musical, nasceu em 03 de abril de 1919 na cidade de São Paulo, capital.

Estive pensando nos conflitos de relacionamento, nas dificuldades todas que aí estão, inclusive nas artimanhas e intrigas de bastidores, em empresas, famílias, conhecidos, colegas e mesmo nas atividades voluntárias compartilhadas nas instituições movidas pelo ideal religioso, das variadas denominações no Brasil; estava meditando sobre os ciúmes, as manipulações, os desrespeitos, as agressões, as acusações e críticas sempre reinantes, nos comentários maldosos e mesmo nos desprezos calculados, nos crimes entre cônjuges, nos abandonos de crianças e idosos, nas enfermidades surgidas de abalos emocionais... campo vasto a se abrir quando começamos a pensar nos dramas humanos e na nossa mediocridade moral....

celularHá alguns anos, quando se poderia imaginar as facilidades de um celular, que já não é apenas um celular, mas reúne diversas utilidades num só aparelho, com a grande facilidade da comunicação instantânea, a depender do aplicativo utilizado, inclusive com imagem ao vivo.

Normalmente nos escravizamos aos condicionamentos mentais. É do ser humano fixar-se em determinados pontos de vista, que se condicionam, viciam, e como resultado colhemos os desdobramentos próprios da teimosia ou da rebeldia, do egoísmo e da vaidade, ou ainda da ganância, das manias e tudo o mais que todos conhecemos.

No livreto O Espiritismo em sua expressão mais simples, da FEESP, de Allan Kardec, que é dividido em 3 partes (Histórico do Espiritismo, Resumo do Ensinamento dos Espíritos e Máximas extraídas do ensinamento dos Espíritos, além das Notas), encontramos essas preciosidades que parecem esquecidas de todos nós na atualidade do movimento espírita: (transcrevo pequenos trechos parciais)

            paredeO pequeno garoto sofria há dias de uma difícil dor de cabeça que não lhe dava tréguas. Prostrado, preocupava os pais, pois se apresentava também febril e os medicamentos não surtiam efeito.

gravidaEsta pergunta foi feita a si mesma por uma mãe que não pode engravidar. Esmagadora maioria das mulheres deseja ser mãe, mas existem igualmente vários casos de impossibilidade, por várias razões.

Há um paradoxo na vida humana. Habitando um planeta lindo, de paisagens exuberantes, desfrutando de benefícios imensos como a água, o ar e a chuva, a beleza incomparável da fauna e flora variadíssima, e mesmo com toda tecnologia que já conquistamos, ainda vivemos um cenário de conflitos. Dominado pela avareza, a ganância, as intrigas e seus desdobramentos.

Le Livre des Esprits 2Valores como a honestidade, a decência, a compostura e naturalmente que a plena identificação deles com as crenças que dizemos defender, revelam a coerência no comportamento social. Como conciliar atitudes indecorosas, violentas ou de atentado aos bons costumes em homens e mulheres que se dizem cristãos?

 

doutrina espiritaA Doutrina Espírita, por seus fundamentos e desdobramentos próprios de seu conteúdo doutrinário, é grandiosa por várias razões. Entre elas, destacam-se os benefícios diretos do esclarecimento à mente humana, embasados na mais perfeita lógica e bom senso, além do conforto ao coração pelo consolo próprio da mensagem totalmente estruturada no Evangelho de Jesus. 

ceu infernoConvido o leitor pensar comigo. O título acima é um trecho pequeno de extraordinário capítulo que fala da felicidade dos espíritos puros, dos quais a única referência que temos é Jesus. O capítulo é o terceiro – com o título O Céu – composto de 19 itens, no livro O Céu e o Inferno, publicado em 1865.

VARA maior competição internacional do esporte mais popular do planeta terminou, é verdade. Mas uma novidade tecnológica ainda nos faz pensar sobre a inteligência humana e os atos de nossa vida. É fato que o uso de recursos materiais, num plano de prova e expiação como o nosso, é sinal do aproveitamento dos talentos humanos e, como nos disseram os Espíritos Superiores, na obra de Allan Kardec, o homem deve dispor dos meios disponíveis para facilitar a vida neste orbe.

Sim! Muitas frases traduzem sabedoria. Muitas vezes, em colocações magistrais, poucas palavras conseguem compactar conhecimentos que levaram séculos para serem assimilados ou, em quantos casos, nem conseguimos perceber ainda o alcance do significado.

Convenhamos que a questão do MACRO e MICRO que nos envolve a vida é um autêntico quebra-cabeça, infinito e sábio, cheio de perspectivas e possibilidades para estudo e pesquisa. Obra do Ser Absoluto, o Criador, Deus, a inteligência suprema do Universo, causa primeira de todas as coisas, conforme indicação de O Livro dos Espíritos, em sua 1ª questão.

É comum, muito comum, que toda iniciativa, toda ideia inovadora, toda postura que altere paradigmas e tente vencer preconceitos ou modelos ultrapassados, encontre resistência, encontre circunstâncias desafiadoras, contrárias e mesmo pessoas que – muitas vezes até com violência, ainda que velada – movimentam forças e opiniões para desmotivar ou destruir anseios de progresso ou de mudanças...

Podemos nos dar conta do custo da doença mental observando essas poucas anotações:

1 - É invisível
O transtorno mental não aparece no retrato
Os exames de imagem não revelam seu diagnóstico

xadrezO homem em evolução sempre procura o conhecimento como um meio necessário à sua própria existência. Como ser racional deixa de seguir a instintos promovidos pelo ambiente onde vive para, com o uso da razão, desenvolver a sua melhor forma de viver.

A complexidade desse processo permite que tudo ocorra de uma maneira que parece ser sutil, simples e ao acaso. Somente é possível enxergar uma pequena luz desse processo se for analisado com base na evolução do espírito.

(Artigo de conclusão da disciplina Produção Filosófica, do curso de filosofia da UNISULVIRTUAL)

 RESUMO:

Este artigo aborda o tema felicidade, inicialmente na visão geral de alguns filósofos e, mais especificamente, em Santo Agostinho e na obra de Allan Kardec. O conceito de felicidade, apesar de explorado desde a antiguidade e por um número

Imagine o leitor o arrependimento, o remorso, nos estados mais expressivos causando perda de sono, de apetite e até afetando o encanto da alegria de viver. Somam-se a ele as angústias próprias das preocupações, de variadas origens, agravadas muitas vezes com as dificuldades de relacionamento, com medos e outros estados.

Ler, pensar e refletir sobre os textos de Emmanuel é sempre oportunidade renovada de aprender continuamente. A capacidade de síntese desse notável benfeitor que se utilizou das mãos abençoadas de Chico Xavier para nos orientar através de seus textos é admirável. Suas linhas compactas, seus parágrafos e textos lúcidos ensinam muito. Daí a importância de nos debruçarmos sobre seus livros para saciar a sede de conhecimento e aprender muito. Seus romances clássicos ou seus livros de mensagens que comentam o Evangelho ou os livros da Codificação são preciosos.

 "Santos estava destinada a ser o berço da primeira sociedade passível de resistir a todos os obstáculos e projetar-se como fiel divulgadora dos ensinamentos kardecistas" Edith Pires Gonçaves Dias, Sociedade Espírita Anjo da Guarda (A Pioneira), 1994.

Segundo o grande filósofo e doutor da Igreja Católica São Tomás de Aquino, que escreveu o Tratado da Gratidão, essa grande virtude apresenta-se em três níveis:

1- Nível superficial: é aquele racional que presta ao outro apenas um reconhecimento por sua atitude. Seria simplesmente a gratidão em si mesma.

RESUMO: Embora exista muita informação disponível através de livros e sites da internet sobre a família Baudin, a fonte de todas elas é um único livro de Canuto Abreu chamado O Livro dos Espíritos e sua tradição histórica e lendária. Como o próprio título do livro diz, e destacamos aqui, trata-se de uma história romanceada baseada em tradição e lendas.

CapaRevolucaoEspirita

O nosso planeta Terra é belo e, indiscutivelmente, a natureza reflete a beleza universal e a grandeza do Criador. O abrigo estabelecido pela Providência Divida se fez lentamente ao redor de 4,5 bilhões de anos. Tudo foi sendo construído adequadamente para, no momento certo, abrigar a vida. Após cerca de um bilhão de anos, os procariontes aparecem para dar origem à vida. A evolução continuou avançando com os vegetais, animais, culminando na humanização, o Australophitecus africanus, por volta de dois a três milhões de anos atrás.

 

 

CapaAGeneseQuando pela primeira vez ouvi a entrevista de Cosme Massi sobre a polêmica 5ª edição de A Gênese, de Allan Kardec – no momento em que escrevo estas linhas já a ouvi múltiplas vezes – duas coisas me intrigaram sobremaneira. Eu havia à época concluído a segunda leitura da obra da Simoni Privato Goidanich, “O Legado de Allan Kardec”. Não consegui aguardar a edição brasileira dela e fiz a primeira leitura em espanhol. Havia igualmente terminado a leitura da obra “Revolução Espírita” de autoria de Paulo Henrique de Figueiredo, a mais completa e extraordinária obra que já li no campo da pesquisa espírita. Ambas abordam temas pelos quais sempre tive o maior interesse.

 

verdade MHP

“Porque para ti, eu me chamarei A Verdade e todos os meses, aqui, durante um quarto de hora, estarei à tua disposição” (Kardec, Allan. Obras Póstumas. Segunda Parte. A minha primeira iniciação ao Espiritismo).

 

Um dos fascinantes temas que tangenciam o pensamento espírita é sobre as identidades dos espíritos comunicantes. Kardec, mesmo, alerta para a condição secundária do nome ou da assinatura, avaliando como de maior importância a mensagem e a sua concordância com os postulados (princípios) espíritas. Mas, em paralelo, a identificação do comunicante, ao

 

jeitodefalarO escritor Rubem Alves (www.rubemalves.com.br) publicou no Correio Popular, de Campinas, caderno C, página C-2, de 18 de julho de 2004, uma bela crônica intitulada O que é que você faria? Considerei-a muito oportuna. Embora longa (quase uma página), destaco ao leitor o teor principal. Ele traz uma estória no artigo e usa um exemplo médico, desculpando-se pela comparação, para citar como é importante a maneira de dizer as coisas ou se quisermos, como dizemos e a quem. Pois esta maneira pode destruir vidas e sonhos.

psicoseA adolescência é um período de fervilhante mudanças bem marcadas em todo nosso organismo, especialmente, as alterações no fenótipo que são facilmente percebidas em várias partes da nossa imagem corporal.

 

 

 

Brasil vitoriaregiaSenhor,
Se ainda não somos a Pátria do Evangelho
Permita-nos ser pelo menos o seu Templo que acolhe suas lições
Nos envie os necessitados para lavarmos seus pés
Se ainda não sabemos multiplicar o pão como fizestes, nos ensina a dividir o que podemos
Não nos permita afastar da humildade

O assunto não é novo. Nem será a última vez. Parece-nos que os espíritas, em sua maioria, adoram cogitar sobre previsões e muitos consultam certos "médiuns" para saber o que lhes advirá, em breve ou mais à frente.

As dores físicas, morais, as tragédias e sofrimentos e aflições em geral conclamam a, no mínimo, duas posturas: a) despertar em nós a compaixão diante do sofrimento alheio, convidando à disposição de auxiliar; b) fazer com que vejamos as consequências da negligência ou do mal a quem delibera se entregar a ele. Especialmente para que igualmente não nos deixemos levar pela correnteza dos equívocos deliberados.

filosofiaMais recentemente, com o retorno da filosofia ao ensino médio brasileiro e a ampla difusão das obras de Allan Kardec, com iniciativas como as da FEB e do Instituto de Pesquisas Espíritas Allan Kardec (IPEAK), têm surgido novos debates com base em leituras, não apenas das obras básicas do fundador, mas também da Revista Espírita, no período em que ele era o editor (1858-1869), que contém contribuições que deixam mais claros alguns pontos do pensamento espírita.

 

A Terra é redonda, gira em torno do Sol, os corpos caem por ação de uma força gravitacional, existem crateras na Lua e satélites em volta de Júpiter, o Universo está em expansão, o corpo humano é uma máquina cujo mecanismo podemos compreender, o átomo não é indivisível, energia e matéria são reversíveis.

visaocoresVisão das cores

Estão diante de mim 3 objetos. Uma maçã vermelha, uma caneta preta e um beija flor azul. Como posso ver a cor de cada um deles?

 

 

 

aura

 

 

“O que é evidente, para nós, pode não ser para vós outros; cada qual julga as coisas debaixo de certo ponto de vista, e do fato mais positivo nem todos tiram as mesmas consequências. (KARDEC, O que é o Espiritismo, cap. I)

 

A versão 8. (2019) desse artigo pode ser acessada em: A aura e os chakras no espiritismo v. 8

 

 

cerebroOrganização anatômica

Um neurônio sensitivo em contato com um neurônio motor, estão capacitados a formar um arco reflexo que responde a determinados estímulos – uma picada de agulha me faz retirar a mão.
Um grupo de milhares de neurônios formam uma rede de conexões com capacidade para organizar um comportamento motor – essa rede nos núcleos da base me permite andar automaticamente por quilômetros.

 

 

 

 

saidadocorpoHá 2 anos não via o Sr. Jonas.
Hoje com 50 anos é meu paciente há mais de 20 anos devido epilepsia.
Felizmente está completamente controlado.
Mas, seu Jonas, desde que eu o conheço faz relatos de saída lúcida do corpo.
Como foi que isso se deu seu Jonas?
No início eu sentia muito barulho nos ouvidos quando ia dormir.